§211 · June 28, 2013 · Uncategorized · (No comments) · Tags: , ,





Acabadinho de descobrir. Tão bom ainda poder descobrir. Personagem.

§202 · June 28, 2013 · Uncategorized · (No comments) · Tags: ,


A propósito do perigo que Jeff Olson representa para a nação norte-americana…
Isto é tão doido, tão doido, tão doido, que eleva a estupidez (leia-se corrupção, conluio, desonestidade) a todo um outro nível.

§199 · June 27, 2013 · Uncategorized · (No comments) · Tags: , , , ,


grafico
Gosto disto (exercício realizado na classe da Júlia). Muito.

§194 · June 24, 2013 · Uncategorized · (No comments) · Tags: , , ,


moon

§188 · June 22, 2013 · Uncategorized · (No comments) · Tags: ,




Só conseguiu ser verdadeira, mesmo, em dois únicos momentos.


1. Quando afirmou que não ia tolerar mais desacatos, mais baderna, mais depredação. Não percebeu portanto que a verdadeira violência não é a do finalzinho das passeatas, mas antes a do Estado, a do status quo segregacionista, a das máfias instaladas, a da corrupção generalizada…
2. Quando exigiu (pior, ela pediu exigindo) que o Brasil baixe as orelhas e seja bom anfitrião em 2014. Não percebeu portanto que o quotidiano dos brasileiros é infinitamente mais importante que uma cerimónia (à falta de melhor termo) organizada pela FIFA.


Exigia-se que fosse verdadeira, mesmo, o tempo todo. Não o foi. Falhou redondamente. Certamente muitos acharão que esteve bem e aceitarão de bom grado o migué. Uma coisa é certa, o Brasil continuará a seguir no bom rumo (não estou, mesmo, a ser irónico) e a Copa será um sucesso, mas enfim… Amanhã é outro dia.

§181 · June 21, 2013 · Uncategorized · (No comments) · Tags: , ,


Dilma falou. Durante 10 minutos. Um migué longo demais…

§177 · June 21, 2013 · Uncategorized · (No comments) · Tags: , ,


Há sempre um MAS…, não há? Seja qual for o contexto, na mídia, nos jornais, no café, na universidade, sempre que a conversa aborda os recentes protestos tem sempre aquele momento em que no meio de uma exposição nos deparamos com um MAS… Muito chato, esse negócio. «Eu sou totalmente a favor das manifestações pacíficas, MAS… quando a coisa vai para a baderna não, aí não contem comigo.» «Eu acho que a esquerda deve tomar a rua, MAS… integralistas? Que porra é essa?!» «Eu até iria para a rua protestar, MAS… ninguém ali parece saber bem o que quer» «Eu até já votei PT, MAS… agora sei não.» Muito chato, esse negócio. Esse MAS… aí no meio da coisa é um travão. Esse MAS… apenas expõe as nossas fraquezas, e no final das contas a fraqueza geral. Esquerdalhos, reaças, evangélicos, anónimos, evangélicos, coxinhas, anonymous, punks, hare krishnas, ambientalistas, comerciantes, todos são Brasil. Não deveria haver MAS… no meio desse troço não. Há demasiada radicalização, desconfiança, irritação e ódio entre as partes. Muito chato, esse negócio.

§166 · June 21, 2013 · Uncategorized · (No comments) ·


O silêncio vindo de cima está ficando ensurdecedor. As suas palavras do outro dia (que até foram sensatas) ruiram ontem, com as ruas tomadas (será mesmo?) pela direita. Seus imensos ex-apoiantes, a “esquerda” desapontada, deitaram-se ontem à noite na maior das angústias. Hoje seria um bom dia para a senhora vestir uma camiseta, não precisa ser uma camiseta vermelha do PT, mas algo mais leve, algo menos Merckel, e falar ao país. Porque, pode acreditar, há muita gente desapontada e angustiada, mas há muito mais (mas muito mais mesmo) gente com medo. Se nem os protestantes sabem bem o que querem (esta frase tem de começar a desaparecer desta discussão…), isto é, se nem os protestantes se dão conta de que a verdadeira «violência em seu sentido mais radical está na multiplicidade, na pluralidade, na diversidade de modos de pensar» (Marcos Beccari, aqui), imagine a senhora o que não pensarão, sentirão, imaginarão, os que não protestam, os que nem concebem a rua, nem a rede social, nem o human mic… Deveria falar para esses acima de tudo. Prove que Boaventura Sousa Santos está certo e que a senhora acordou. O país agradeceria.

§164 · June 21, 2013 · Uncategorized · (No comments) · Tags: , ,