Obrigado Marcos Beccari. Obrigado 100.000 anónimos. Obrigado Brasil. Melhor, o Brasil agradece. Continuemos.